You are hereConjectura de Poincaré - Geometria para Entender o Universo

Conjectura de Poincaré - Geometria para Entender o Universo


By wescley - Posted on 10 abril 2012

Palestrante: 
Marcelo Viana
Data: 
Qua, 12/11/2008
Tipo: 
Convite à Física
Arquivo do vídeo: 
No video? Get the Windows Media Plugin

Os astrónomos e os cosmólogos observam o mundo à nossa volta procurando compreender as leis da matéria e da energia, as leis que regem a evolução do Universo. A partir da Teoria da Relatividade de Einstein sabemos que essas leis estão intimamente ligadas à geometria (a 'forma') do Universo. Sabemos por exemplo que se a densidade da matéria contida no Universo for suficientemente grande, então ele deverá ser um espaço fechado, limitado; caso contrário, deverá ser um espaço aberto. Qual destas possibilidades ocorre realmente? Qual é a forma do Universo? Ao mesmo tempo os matemáticos analisam as formas puras do pensamento para entenderem que modelos são possíveis e permitir, portanto, identificar aqueles que melhor se adaptam às observações cosmológicas. A Conjectura de Poincaré, um dos mais famosos problemas da Matemática, insere-se naturalmente nesse estudo. Ela afirma que todo o espaço tridimensional fechado 'sem buracos' tem uma forma essencialmente esférica. Formulada no início do século XX pelo grande matemático francês Henri Poincaré ? também um dos principais artífices da Teoria da Relatividade ? esta Conjectura permaneceu um problema em aberto durante cerca de cem anos. Até que, no final de 2003, o matemático russo Gregori Parelman começou a publicar na internet uma série de artigos científicos que contêm a solução desse problema. Durante o século XX, a Conjectura de Poincaré foi um foco motivador para avanços notáveis na Geometria e na Topologia. A sua história, antes e depois da sua resolução, está recheada de personagens interessantes e episódios rocambolescos, que atraíram a atenção dos meios de comunicação mundial e do público em geral.