You are hereEm Busca de Não-Localidade Quântica: Testes Experimentais da Desigualdade de Bell

Em Busca de Não-Localidade Quântica: Testes Experimentais da Desigualdade de Bell


By zukanov - Posted on 04 setembro 2015

Palestrante: 
Stephen Walborn
Data: 
Qua, 01/10/2014
Tipo: 
Convite à Física

Em 1935, Einstein, Podolsky e Rosen mostraram um conflito entre a teoria quântica e as noções “clássicas” de realismo e localidade.  Este conflito ficou na base de especulação até 1964 quando John Bell desenvolveu uma maneira de testar a natureza. Assim, a desigualdade de Bell é um teste para determinar se a natureza obedece as previsões da teoria quântica ou as do realismo-local.  Até hoje, foram feitas dezenas de testes experimentais, cada vez mais sofisticados.  A quase totalidade destes experimentos mostraram uma violação da desigualdade de Bell, indicando que a teoria quântica descreve adequadamente a natureza. No entanto, ainda não houve nenhum teste definitivo, embora alguns experimentos estão chegando próximo.  Neste colóquio, mostrarei as dificuldades encontradas na realização de um teste definitivo da desigualdade de Bell, e apresentarei alguns experimentos principais realizados nos últimos 45 anos.  Discutirei também os diferentes tipos de correlação quântica na natureza e a realização de experimentos Einstein-Podolsky-Rosen-Steering, uma forma mais fraca de não-localidade.